A falta de Cidadania, o desrespeito ao próximo e a Impunidade


Olha meninas o assunto é sério, ontem lendo um post da Beta do Mix Cultural, vi que a Record está fazendo fazendo um ótimo programa chamado Câmera Record, e a Beta nos alertou para o programa da sexta-passada sobre a falta da cidadania, o desrespeito ao próximo e a impunidade.

Veja o post dela aqui.

Claro que eu pedi à ela a reportagem toda e ela me deu à dica. Valeu Beta!

Eu vivo falando aqui sobre humanidade, solidariedade, amor ao próximo e etc. Sentimentos e ações que devemos passar aos nossos filhos para que tenhamos um mundo melhor, porque o que está aí já está bastante dinamitado pela falta deles. E acabei vendo a reportagem toda, sinceramente, olha só vocês vendo mesmo. Cheguei a ter nervoso diante da atitude das pessoas, e eu quando fico indignada quero chegar até o fundo da questão. Será que estamos fazendo o nosso melhor? Será que é só fazer pelos nossos filhos ou com essa arma poderosa de mídia (internet) que temos nas mãos podemos fazer muito mais? Eu acho que sim. Acho que é nosso dever fazer mais. Ou vamos deixar pros nossos filhos essa missão? Ah não é comigo, então não preciso fazer nada. Não! Chega desse pensamento! É conosco sim, é com nossa sociedade, é com nosso mundo e vai ser um dia com nossos filhos. Então assistam:

Um teste sobre a cidadania do brasileiro

Estacionar o carro na vaga dos idosos ou dos deficientes. Não recolher a sujeira que o cãozinho deixa na calçada. Jogar lixo na rua. A quantas anda a cidadania do brasileiro?

O Câmera Record desta semana sai às ruas do país para um teste: será que desaprendemos a viver em sociedade?

"É rapidinho", "só vou descarregar", "ah, mas não tinha ninguém ocupando a vaga"... As desculpas variam, mas o desrespeito à lei é o mesmo: vagas destinadas a portadores de deficiência ou idosos ocupadas por motoristas jovens ou sem dificuldade de locomoção alguma. Os flagrantes da nossa equipe revelam o descaso de clientes e seguranças de supermercados e shopping centers.

Em meio ao estresse e à correria da vida moderna, quem, ainda hoje, dedica dois minutos para ajudar um cego a atravessar a rua? E na hora de pegar um ônibus? Será que alguém num ponto movimentado se habilita a avisar ao deficiente qual a linha do veículo que se aproxima?

E quem deveria dar o exemplo, como se comporta? Nossos repórteres flagram um guincho da empresa que coordena o trânsito da cidade estacionado em local proibido. O motorista, que havia ido almoçar, ainda fica bravo quando é questionado pela nossa equipe sobre o porquê da infração.

Um outro tipo de crime no trânsito bem mais perigoso: beber e dirigir. Assumir embriagado o volante de um carro, antes de uma violência à lei, é uma falta de consideração ao próximo. Nossas lentes registram diversas cenas de imprudência explícita.

O cachorrinho sai para passear e, de repente, resolve transformar a calçada em banheiro. Até aí, todo mundo entende. O espanto chega na hora de limpar a sujeira. Por que muito dono não recolhe as fezes de seus cães?

Você já parou para pensar na rotina de um cadeirante? Nosso repórter passa o dia numa cadeira de rodas e sente na pele as dificuldades que milhões de deficientes em todo o Brasil enfrentam. Escadas, vãos perigosos entre plataformas de embarque e trens, prédios sem rampas e o obstáculo mais cruel de todos: o preconceito.

Será que quem reclama das enchentes nas grandes cidades joga o lixo no lixo? Do despejo ilegal - e imoral - de entulho na rua ao risco de deslizamentos, nossa produção traça todo o caminho que pode fazer a falta de cidadania desembocar em perdas irrecuperáveis nas vidas de muitos brasileiros.

Os flagras da falta de cidadania dos brasileiros são inúmeros. O desrespeito e a falta de educação marcaram as cenas deste Câmera Record. Pessoas estacionando o carro em vagas para deficientes, outros que não retiram as fezes dos cachorros das ruas e até quem deveria dar exemplo burla a lei.

O Câmera Record saiu nas ruas para fazer um teste: o brasileiro é um bom cidadão? Pessoas que param em vagas de idosos e deficientes, jogam lixo nas ruas e outros que não respeitam a lei e bebem enquanto dirigem.

Então depois de verem isso tudo o que faremos? Nosso canal é o melhor meio para tornarmos esse mundo melhor, somos mães, blogueiras, internautas e cidadães.

Vamos à luta! Alguém sabe de algum movimento de cidadania na internet?

Bjs indignados

Categories:

7 Responses so far.

  1. Má, eu vou te contar uma coisa, a falta de respeito ultimamente chegou até uma simples ida ao supermercado, onde as pessoas vivem nos seus mundos particulares, param seus carrinhos no meio do corredor sem se importar se tá fechando o caminho, e por aí vai, se nesse minúsculo mundinho as coisas são assim, nesse mundão afora, triplica-se, é triste viver assim, marido vive falando, vamos morar em Luxemburgo kkkk!!! Será??? Não conheço nenhum canal desses, mas quem sabe não criamos um?!?! Beijocas

  2. Marília querida! Eu e meu marido somos muito revoltados com essa falta de cidadania do povo. Não entendem que para uma sociedade funcione bem, o espírito de coletividade precisa que existir. Mas é bem difícil colocar essa ideia na cabeça das pessoas, um problema que já vem do brasil colônia. O europeu tem fama de seco e frio, mas eles tem muito mais esse espírito do que a gente. Se souber de alguma campanha tô dentro. beijos

  3. Beta says:

    Linda, realmente esta reportagem mexeu comigo. As respostas são incríveis!
    As pessoas são muito sem noção...
    Me revoltam!
    Legal vc compartilhar este post!
    Precisamos fazer algo e urgente!

    Bj

  4. Mári,adorei o post. E está super certa de divulgar ele. è impressionante a falta de respeito. Bjs querida

  5. Ro says:

    Má , você está certissima.
    Em reclamar . em se indignar , em denunciar. Quem sabe alguém para pra pensar no que faz de errado e começa a fazer certo.
    Mil beijos.

  6. Marilia,

    Tô com você!
    Simplesmente não suporto quem reclama de tudo e não faz nada, quem só clama pelos seus direitos mas não olha para os seus deveres, quem não cede o lugar aos mais velhos, e também os mais velhos que querem usar suas prerrogativas de maneira distorcida.
    Ah, tem tanta coisa errada, não?
    Mas vamos em frente, você daí, eu daqui e cada um no seu quadrado.

    Grande beijo

    da Cris*

  7. Jac Bagis says:

    precisa-se de mais dignidade no mundo real e no mundo virtual!!!

Leave a Reply

Comentários são muito bem vindos, sempre, a opinião mesmo que contrária será sempre respeitada. Porém aqueles que fugirem às regras do respeito mútuo não serão publicados.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.